Decreto de criação da Escola Estadual Reynaldo Massi

Escola Estadual Reynaldo Massi

 

A Escola Estadual Reynaldo Massi foi criada pelo Decreto N° 1.599 de 21 de agosto de 1973, publicado no D.O. n° 16416, de 22 de agosto de 1973, denominada Escola Estadual de I° e II° GRAUS REYNALDO MASSI, assinado pelo então governador de Mato Grosso, DR. José Manoel Fontanillas Fragelli.

            O nome Reynaldo Massi, em homenagem ao fundador da cidade de Ivinhema, a escola teve seu primeiro Diretor. O Prof. Sideney Carlos Costa, e como secretaria a senhora Aparecida Darci Gabriel Costa.

 

Diretores

1-     Prof. Sideney Carlos Costa- 1973 a 1980

2-     Prof. Geni de Assis Vieira- 1980 a 1982

3-     Prof. Geraldo Terrecilha Lopes- 1982 a 1992

4-     Lazaro Marques- 1993 a 1994

5-     Maria Madalena Simão- 1994 a 1995

6-     Valdenir Martins- 1995 até a presente data.

Diretora adjunta Severina Rodrigues Buraqui- 1998 a 2002

Diretora adjunta Izildinha Lourençone Nunes- 2003 ate a presente data.

 

Secretários

1-     Aparecida Darci Gabriel Costa- 1973 a 1974

2-     João Carlos Costa- 1974 a 1982

3-     Claudinei Morisco-1983 a 1992

4-     Jose Bernardo dos Santos- 1992 a 2002

5-     Dalvina Cano Sabino Barbosa- 2003 ate a presente data.

 

 

1980: foi ampliada mais 06 salas.

1982, foi implantado o curso supletivo, modalidade NAES, de 5° a 8° serie.

1985, a escola foi reformada parcialmente.

 

Em 1985 oferecia curso profissionalizante de magistério e técnico em contabilidade. Os quais foram desativados em 1998, com as exigências da nova LDB, LEI, n° 9.394/96, passou a oferecer o ensino fundamental e ensino médio.

1992, o curso supletivo NAES, passou a denominar Curso Supletivo Personalizado- CSP.

No ano de 1998, passou a denominar-se Escola estadual Reynaldo Massi.

No ano de 2000, o CSP, passou a denominar-se Curso Supletivo- modalidade Educação de jovens e Adultos- EJA.

No ano de 2001, iniciou-se a reforma geral e ampliação da escola estadual Reynaldo Massi, e os alunos encontram-se estudando na UEMS, Centro Social e Escola Municipal Prof- Sideney Carlos Costa.

Total de alunos atual: 1350 alunos.

Total de funcionários administrativos: 36 funcionários.

Total de Professores: 65 Professores.

A escola oferece atualmente o curso profissionalizante Curso Agropecuário integrado ao Ensino Médio funcionando na Escola Municipal Rural Benedita Figueiró de Oliveira.

 

 

Atos legais da unidade.

Decreto Municipal n° 027/88 de 28 de setembro de 1988- cria a escola

Decreto Municipal n° 032 de 09 de julho de 1998- altera a denominação da escola.

Decreto Municipal n° 042/99 de 30 de julho de 1999- altera a denominação da escola. 

 

 

 

Informações adicionais